Shadow

Existe um valor mínimo para investir? Tire suas dúvidas

Uma das dúvidas mais frequentes entre as pessoas que tem desejo de começar a investir na bolsa é se existe um valor já pré-determinado mínimo, para começar a fazer os investimentos.

 Entretanto não há um montante já determinado fixo, para poder fazer investimentos na bolsa de valores. Qualquer pessoa pode comprar ações desde que pague o preço que cada uma delas custa.

Essas ações podem ter seu preço variando de alguns centavos, até milhares de reais, a partir do momento que você comprar sua primeira ação você já se torna um investidor no mercado de ações.

O que você deve estar atento na hora de fazer a compra é sobre as taxas e os custos envolvidos com a corretora, esses cursos serão diluídos no valor do capital que vai ser aplicado.

Assim sendo você vai poder ter uma noção do quanto aquele investimento vai lhe render e se ele realmente vai valer a pena.

Continue lendo esse artigo e veja alguns detalhes sobre os valores mínimos para começar um investimento na bolsa de valores e também algumas dicas.

Confira as nossas dicas e tire total proveito sobre as vantagens que esse tipo de investimento financeiro pode lhe proporcionar.

Comprando ações

Para comprar ações na bolsa, essas ações vão ser negociadas no formato de lotes e você como investidor pode comprar à vista de muitas maneiras.

Uma das maneiras de fazer essa aquisição é por comprar os lotes padrões que vem 100 ações, se nesse lote tiver bons ativos que custam em torno de r$ 10 e tiver r$ 1000 para investir neles, você pode adicionar esse lote como a primeira empresa da sua carteira.

Uma outra possibilidade que existe para investir na bolsa é fazer a compra das ações no mercado fracionário. Isso significa que você pode escolher até quantas ações daquele lote vai comprar.

Caso escolha esse tipo de compra no mercado fracionário, saiba que pode acabar saindo um pouco mais caro porque o mercado fracionário tem menos liquidez e só se tornam interessantes quando há bastante negociação.

Se você quer começar um investimento e aplicar pouco dinheiro a melhor opção para você é os fundos negociados em bolsa ou se preferir ETFs como são conhecidos.

No Brasil esse tipo de aquisição não é tão popular quanto as outras, e se formos falar de rentabilidade em uma carteira muito bem montada eles acabam perdendo vantagem.

Porém não deixe que isso o desanime, eles são uma ótima opção para quem pode investir até r$ 500.

Antes de começar a investir na bolsa é importante que dê atenção a alguns pontos como por exemplo:

Cuidados a ser tomados

É preciso ter cautela ao comprar ações, isso porque pequenas empresas quando se tornam públicas têm o desejo natural de crescer. Para investir nessas empresas é necessário fazer uma análise antes de fazer a aquisição, e observar de perto qual é a sua performance.

Se possível dê preferência há companhias fortes que precisam realmente do capital para poder evoluir. E tenha cuidado quando o ativo for de projetos que ainda não são bem estruturados.

Um segundo cuidado que deve ter é com as turnarounds. Isso quer dizer que de alguma forma a empresa quebrou e foi assumida por um novo grupo para ser reestruturada.

Comprar ações de empresas como essa são um grande risco, pois o que eles têm apenas para reestruturar é um plano sem nenhuma garantia de sucesso, por isso só compre ações desse tipo se os planos forem um sucesso.

Outra coisa que deve ter em mente é que no mercado de ações tudo muda com muita rapidez, então é importante que faça adequações a realidade do mercado e se atualize constantemente.

Muitos fatores podem fazer com que a bolsa de valores fique instável, como algumas intervenções do governo ou outros fatores econômicos. Por isso esteja sempre a um passo à frente consumindo diariamente informações para melhorar o seu desempenho.

Taxa de negociação

Antes de fazer aplicação do seu dinheiro é importante procurar uma boa corretora de valores. As corretoras colocam um custo sobre as operações que realizam na bolsa.

É por isso que tem que estudar as possibilidades de onde a sua rentabilidade vai ficar acima dos custos obrigatórios que vai ter com a corretora.

Faça os cálculos se aquela aplicação em uma determinada corretora realmente vai valer a pena e se vai lhe trazer um retorno lucrativo.

Começando com pouco

Para quem vai começar investindo pouco dinheiro, observar a tarifação faz muita diferença, é por isso que você deve estar atento em qual vai ser a média de custos que vai ter com a negociação.

Se for investir de forma independente -sem vínculo com bancos o clube de investimentos- é mais necessário ainda que dê atenção aos custos com a negociação.

Se prepare para custos do tipo:

1. Corretagem: entre r$ 2,90 a r$ 20 seja por ordem uma ação;

2. Taxa de manutenção: as caixas de manutenção podem chegar a r$ 6,90 mensal entretanto algumas corretoras fazem isenção dessa taxa;

3. Taxa valor em custódia: fica em média r$ 0.0130%;

4. Emolumentos: os emolumentos da taxa de negociação são de 0, 0275%, e os de liquidação pagas à Bovespa é de r$ 0,00 5%.

Valor ideal para ter bons retornos

Como já foi dito não é necessário ter grandes quantidades de dinheiro para fazer um investimento na bolsa, entretanto para que esse investimento em questão de rentabilidade seja boa, é recomendado pela grande parte das corretoras que inicie com r$ 5000.

Atualmente o mercado se encontra em um período de baixa e se quer ter lucros significativos precisa iniciar os investimentos com esse valor.

A partir de r$ 5000 é compensativo o lucro mesmo com todas as taxas de cobrança que foram mencionadas acima.

Mesmo que essa seja a quantia mínima para iniciar um investimento na bolsa e ter bons resultados não é necessariamente uma obrigatoriedade iniciar com esse valor.

Conte pra gente o que achou! E comece a investir no mercado de ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *